Yamaha responde sobre sucessora da TTR 230 em 2021

Assim como a Honda CRF 230 recebeu a sua sucessora CRF 250F, que veio com melhorias de suspensão, motor e quadro, esperamos que a TTR 230 da Yamaha também ganhe uma nova versão reformulada ou um modelo substituto. Isso é necessário!

Por isso, entrei em contato diretamente com a Yamaha Motor do Brasil para saber se a motocicleta de entrada da marca no off-road vai ganhar uma sucessora.


A Yamaha respondeu que tem um "plano de lançamento" para estudar a "viabilidade de comercialização" no mercado brasileiro, porém no momento não há uma previsão oficial para o lançamento de uma sucessora da TTR 230.

Esta resposta, por si só, não significa muita coisa. Mas, sabemos que infelizmente teremos que esperar ainda mais para ver alguma novidade sobre a moto de entrada da Yamaha.

E você, quer uma sucessora da TTR 230 em 2021? O que você gostaria que fosse melhorado ou adicionado? Comente!

Postar um comentário

18 Comentários

  1. O entre eixo ou a balança tem algum problema por que a 230ttr quando vamos subir morro ela impona muito acho que podia analisar isso

    ResponderExcluir
  2. MUITO MELHOR Q CRF..POREM PEÇAS SAO CARAS.....E MAIS DIFICEIS DE ACHAR Q A DA HONDA....................ESPERO Q NAO LANCEM NADA INFERIOR ASSIM COMO A HONDA FEZ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário

      Excluir
    2. Kkkkkkk, 250f inferior a 230, tá bom

      Excluir
    3. Sim, bem inferior, comprei uma, vendi e voltei pra 230.

      Excluir
    4. Pq? Dê mais detalhes pra gente ficar ligado. Obrigado

      Excluir
  3. É só pegar a Lander é enxugar ela, a Lander é top.
    Motor confiável e mecânica fácil.
    Fica a dica.

    ResponderExcluir
  4. Deveria mudar tanto nos plasticos quanto na mecanica. A moto e boa porem nao tem um desine muito bunito.. e as peças sao dificeis de achar. Eu ando de yamaha a uns 6 anos . E nao troco por honda.

    ResponderExcluir
  5. Olha minha opinião seria mudar o quadro da moto, melhorar a balança traseira deixar mais robusto,freio a disco traseiro e um motor com designer melhor...mudar um pouquinho os plásticos não muito pra não tirar a originalidade da moto...

    ResponderExcluir
  6. Ganhar um motor 250cc novo quadro mais reforçado tipo berço para aguentar no motocross balança de alumínio como na Honda freio a disco traseiro plásticos no estilo da yzf e se possível uma suspensão mais reforçada já tive ttr crf 230 250 cada moto tem seu ponto forte e ponto fraco a ttr tem que melhorar essas coisas. Se comparar a suspensão traseiro a ttr dá um banho já a dianteira e fraca pouco curso o bom e sua levesa e se possível continuar com câmbio 6 machas a crf 250f ficou boa mas ficou muito curta com câmbio 5

    ResponderExcluir
  7. A Yamaha precisa urgente fazer uma atualização na ttr230 , a moto nunca sofreu melhorias e o seu disegn já não está correpondendo ao que público exige, , e o mas correto ha fazer e lançar uma nova 250 , pois ninguém que andar de 230. 230 e passado .
    O ideal e uma moto leve , mas leve que a concorrente crf250f , freio a disco na frente e atrás , balança de alumínio e um disegn inspirado na yz , uma suspensão dianteira razoávelmente leve , sem dúvida a Yamaha vende qualidade nós seus produtos , precisamos de algo tão bom quanto da concorrente . Um motor com trocador de calor , 4 válvulas , injeção eletrônica , e ainda o painel e muito show pode continuar . Enfim , estou aguardando o novo lançamento da Yamaha , enquanto isso vou andando vou aposentando ttr230 e passando pra crf250f , mas espero muito breve me surpreende com a Yamaha novamente ter o sangue azul nas veias pois pra min sem dúvida e a melhor .

    ResponderExcluir
  8. A TTR 230 como moto de entrada cumpre bem sua função! Tenho uma e acho muito boa e confiavel! O que eu mudaria para impactar o menos possivel no custo final seria, um visual mais parecido com os das WR, freio a disco na traseira e uma suspensão que pudesse ser levantada uns 5cm. Apesar de ser baixinho ela me incomoda muito nas valetas mais fundas, enrosca muito as pedaleiras. O custo de manutenção é baixo! Qualquer mudança muito profunda vai aumentar muito o preço!

    ResponderExcluir
  9. Suspenção descente e quadro reforçado, freio a disco na traseira e a moto fica top. Tenho uma 2016, não vendo e nem troco. Kkkk

    ResponderExcluir
  10. Também acho quê à TTR precisa renovar o quanto antes à concorrência em pouco tempo de sua nova 250 nacional já vendeu mais do quê TTR em 15 anos

    ResponderExcluir

As opiniões expressas na área de comentários são de exclusiva responsabilidade de seus autores, e não necessariamente refletem a opinião do MX Arena e de seus editores sobre o assunto.