Yamaha responde sobre sucessora da TTR 230 em 2021

Assim como a Honda CRF 230 recebeu a sua sucessora CRF 250F, que veio com melhorias de suspensão, motor e quadro, esperamos que a TTR 230 da Yamaha também ganhe uma nova versão reformulada ou um modelo substituto. Isso é necessário!

Por isso, entrei em contato diretamente com a Yamaha Motor do Brasil para saber se a motocicleta de entrada da marca no off-road vai ganhar uma sucessora.


A Yamaha respondeu que tem um "plano de lançamento" para estudar a "viabilidade de comercialização" no mercado brasileiro, porém no momento não há uma previsão oficial para o lançamento de uma sucessora da TTR 230.

Esta resposta, por si só, não significa muita coisa. Mas, sabemos que infelizmente teremos que esperar ainda mais para ver alguma novidade sobre a moto de entrada da Yamaha.

E você, quer uma sucessora da TTR 230 em 2021? O que você gostaria que fosse melhorado ou adicionado? Comente!

Postar um comentário

11 Comentários

  1. O entre eixo ou a balança tem algum problema por que a 230ttr quando vamos subir morro ela impona muito acho que podia analisar isso

    ResponderExcluir
  2. MUITO MELHOR Q CRF..POREM PEÇAS SAO CARAS.....E MAIS DIFICEIS DE ACHAR Q A DA HONDA....................ESPERO Q NAO LANCEM NADA INFERIOR ASSIM COMO A HONDA FEZ

    ResponderExcluir
  3. É só pegar a Lander é enxugar ela, a Lander é top.
    Motor confiável e mecânica fácil.
    Fica a dica.

    ResponderExcluir
  4. Deveria mudar tanto nos plasticos quanto na mecanica. A moto e boa porem nao tem um desine muito bunito.. e as peças sao dificeis de achar. Eu ando de yamaha a uns 6 anos . E nao troco por honda.

    ResponderExcluir
  5. Olha minha opinião seria mudar o quadro da moto, melhorar a balança traseira deixar mais robusto,freio a disco traseiro e um motor com designer melhor...mudar um pouquinho os plásticos não muito pra não tirar a originalidade da moto...

    ResponderExcluir

As opiniões expressas na área de comentários são de exclusiva responsabilidade de seus autores, e não necessariamente refletem a opinião do MX Arena e de seus editores sobre o assunto.